Rodomoças no transporte rodoviário – Um pouco da história dessas profissionais

Rodomoças no transporte rodoviário – Um pouco da história dessas profissionais.

A princípio realizando uma pesquisa na internet, as informações sobre esta profissional, são bem escassas. Inicialmente trate-se de uma comissária de bordo, que popularmente ficou conhecida como RODOMOÇA. Acima de tudo são profissionais que auxiliam os passageiros e sendo importante braço direito do motorista de ônibus.

Em primeiro lugar sempre existiu a figura desta profissional no meio do transporte rodoviário de passageiros. Em síntese o conhecimento da existência dessa profissional só que veio a tona devido à concorrência entre setores aéreo e rodoviário. A saber que algumas reportagens mostraram a acirrada disputa entre empresas de ônibus e companhias áreas pela preferência do passageiro.

1 – Rodomoças no transporte rodoviário – Um pouco da história dessas profissionais. Os primeiros registros:

Anteriormente muitas dessas profissionais começaram a exercer suas atividades em tempos remotos, principalmente na linha São Paulo – Rio de Janeiro. Por exemplo elas estampavam campanhas publicitárias para promoção das linhas da Viação Cometa e Expresso Brasileiro. Em virtude de um trajeto como Rio-São Paulo ser muito concorrida, as rodomoças eram um artifício para atrair o passageiro.

Surpreendentemente na década de 90, com a criação de alguns carros de padrão executivo, tivemos empresas que exploravam este tipo de serviço. A Viação Cristo Rei oferecia o serviço de rodomoça na ligação entre São Paulo – (SP) e Ouro Preto e Mariana (MG).

2 – Rodomoças no transporte rodoviário – Um pouco da história dessas profissionais. Novos registros:

Certamente na década de 2000 muitas mudanças positivas se deram para o transporte de passageiros. Acresce que nessa década temos o registro da entrada dos ônibus dois andares (Double Decker – DD) nas linhas rodoviárias. Com o aumento da capacidade de passageiros transportados as empresas com toda a certeza visualizaram uma oportunidade.

Em duas empresas na época com aquisição de ônibus Double Decker, ao mesmo tempo tinham suas rodomoças para atendimento dos passageiros transportados. Sem dúvida dois serviços inovadores ganharam destaque na década de 2000:

Reunidas Paulista de Araçatuba (SP): Serviço BIG BUS interligando as cidades do eixo da Rodovia Marechal Rondon (SP-300) com a capital paulista.

Expresso Itamarati de São José do Rio Preto (SP): Serviço Itamarati Classic atendendo passageiros da região de Votuporanga, Fernandópolis e Jales para capital paulista.

3 – Rodomoças no transporte rodoviário – Um pouco da história dessas profissionais. Registros mais recentes:

Outro registro dessas profissionais se dava nas ligações de São Paulo com Guarujá é de 2011. Conforme descrição do serviço da época no site da Viação Ultra:

Executivo:

Esse serviço foi criado para atender clientes que preferem um serviço diferenciado, como serviço de bordo, feito por nossas Rodomoças. Viagem disponível duas vezes por dia no sentido São Paulo – Guarujá e vice versa.

Serviço de bordo: DVD Video, 44 poltronas com mais espaço, banheiro, ar condicionado climatizado que mantem a temperatura muito agradável seja em épocas frias ou quentes.

Semelhantemente a empresa Útil na linha Rio de Janeiro (RJ) – Brasília (DF) disponibilizava o serviço de rodomoça para linha. Com a finalidade de atrair mais passageiros para o trajeto a empresa apostava nessa estratégia.

4 – Rodomoças no transporte rodoviário – Um pouco da história dessas profissionais. Considerações finais.

Atualmente o serviço de rodomoça encontra-se cada vez mais raro, sendo mais ofertado em rotas internacionais, já mencionados em outras postagens.

Nesse sentido é importante ressaltar a contribuição dessa profissional nas mudanças benéficas do setor de transporte rodoviário de passageiros.

Rodomoças 1 300x231 - Rodomoças no transporte rodoviário – Um pouco da história dessas profissionais

Rodomoças no transporte rodoviário – Um pouco da história dessas profissionais. Comissarias de bordo ou rodomoças? Quem eram elas no setor rodoviário de passageiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.